O HIV já tem cura, mas estamos preparados pra ela?

A combinação de Tenofovir e Entricitabine, duas drogas antirretrovirais que já existem há quase 20 anos tem o nome comercial de Truvada. A medicação bloqueia o vírus do HIV de se replicar dentro do organismo e é considerado hoje a “vacina do HIV” (ênfase nas aspas)

Como assim?

A Vice fez um documentário explicando a história do medicamento e mostrando diferentes pontos de vista, se tiver meia hora e quiser entender tudo sobre:

Mas o Truvada é pra todo mundo?

Os principais efeitos colaterais são:

  • Diminuição na densidade óssea, que pode levar a fraturas e lesões ao longo do tempo.
  • Mais importante e mais comum, diminuição da capacidade renal. Mas isso acontece com qualquer medicamento utilizado frequentemente.

O Truvada atualmente é recomendado para as seguintes populações de risco:

  • Homens gays. Porque a probabilidade de contrair o vírus do HIV é enormemente maior.
  • Um casal sorodiscordante – onde um é soropositivo (possui o vírus) e o outro não. Eliminando todo o medo de fazer sexo.
  • Mulheres transsexuais.

Mas se HIV já tem uma “vacina”, por que todos não usam?

Nos Estados Unidos, onde o documentário foi feito, o Truvada já pode ser comprado por populações de risco com ajuda do plano de saúde, sem plano de saúde a pílula custa em torno de US$ 56, considerando que uma é necessária por dia, o valor fica exorbitante. No Brasil ainda estão sendo feito estudos pra descobrir a eMedical-01ficácia e decidir se será distribuído gratuitamente.

Foi o preço do medicamento que também fez muita gente questionar se o laboratório não estava criando um medicamento que não funcionava. Parece coisa de louco mas o laboratório – Gilead – quando lançou a cura para a Hepatite C (Sovaldi – composto Sofosbuvir), cobrou US$ 84.000 pelo tratamento, ou US$ 1.000 por pílula. De qualquer forma, no Brasil a coisa é diferente, o governo paga os antirretrovirais e existe quebra de patentes pra vários medicamentos.

De qualquer forma, o valor do medicamento não invalida nenhum estudo. Também existem pessoas que negam a qualquer custo que HIV ou AIDS existam e isso não passa de uma mentira do governo. Sério mesmo, tem até um livro sobre isso: Denying AIDS: Conspiracy Theories, Pseudoscience, and Human Tragedy. escrito por Seth Kalichman, que dedicou parte de sua vida acadêmica a essas pessoas.

_condom

Com ou sem camisinha?

Um dos principais defensores do Truvada, fala no vídeo aí em cima que deixou a camisinha completamente de lado “eu já perdi noites de sono demais da minha vida preocupado com as consequências do meu comportamento sexual“. Parar de usar a camisinha não é indicado ao começar o tratamento de truvada, mas esse comportamento parece ser comum entre usuários.

Falar de sexo não é fácil, sobre suas escolhas sexuais menos ainda, considerando que tudo isso entra no pacote de doenças com alta prevalência entre gays e outras minorias, piora ainda mais as coisas. Fazer sexo sem camisinha não afeta apenas o HIV, existem outras DSTs que podem ser transmitidas.

Mas se temos uma “cura” para o HIV, porque a doença continua aí?

Existem pessoas que não usam camisinha porque se acham invencíveis, existem pessoas que simplesmente não acham confortável, já outras usam até quando estão namorando.

O problema é que não é apenas uma questão de escolha pessoal e sim de saúde pública, o fato de o vírus do HIV ainda existir por tanto tempo mesmo com tanta gente sabendo como é  feita a transmissão e como se prevenir é a prova disso.

Se mais testes clínicos se confirmarem efetivos, os governos adotarem a PrEP como política de saúde pública e as pessoas utilizarem o Truvada em combinação com camisinha, existem grandes chances do HIV diminuir drasticamente.

(Com ajuda de: The Birth of PrEP Denialism)

10.04.2015

[

Com as tags: Tudo sobre HIV/AIDS

Escrito por Soropositivo

29 Comentários

  1. Milagre estraordinario

    Responder
  2. Oi acho para o caso mocambicano essa é uma novidade interessante.Cabe ao país refectir sobre a forma de aquisição desse medicamento.E como as coisas não chegam para todos a massa populacional não dele se deixar levar pela notícia e abandonar a
    camisinha.

    Responder
    • Exatamente Carlos, estava lendo outro post que apenas o 2% de aventura dele foi responsável pelo status positivo. O que a maioria das pessoas não entendem a gravidade do assunto. Tenho um estilo de vida bem diferente do mencionado no post “Os bonitinhos da balada” e mesmo assim acabei contraindo o Vírus por irresponsabilidade de terceiros. Falando um pouco da minha vida, meus parceiros podem ser contados nos dedos das mãos, nunca transei sem camisinha e cuido da minha saúde com regularidade. Para minha surpresa em meus exames de rotina fui diagnosticado positivo. Agora imagina a minha surpresa pois não bebo,tive poucos parceiros na vida, tenho parceiro fixo, nunca transei sem camisinha (mesmo sendo fixo) e nunca usei uma droga na vida. Logo pergunto, como alguém pode se contaminar assim?
      A resposta é simples: Uma pessoa com uma alta carga viral pode ser extremamente contagiosa e por irresponsabilidade dos que não querem fazer o exame e se tratar outras pessoas acabam pagando pela irresponsabilidade dos outros. Camisinha é muito importante, mas não é tudo. A simples baba de uma pessoa altamente contagiosa pode transferir o vírus. O recado que eu tenho a deixar é: Preservem mais seu corpo e leve o HIV muito mais a sério do que a mídia informa.

      Responder
      • Obrigado por compartilhar sua história, Pedro!

        Responder
        • Não se engane, HIV tem cura esse pessoal está facturar com os antirretrovirais em Moçambique onde eu me encontro já não se fala muito nisso desde novembro passado não tomo nenhum comprimido meus kgs aumentaram faço testes 3 em 3 meses e nada acusa.

          Responder
          • Bom dia caro Issemaile, onde é que te encontras?

          • Issemaile, bom dia vi seu comentário e deixou me esperançoso… se tem cura podes me enviar a medicação????
            poi tenho alguem família que contraiu, mas em Moçambique nao tem a cura …dai que peçco para entrares contacto comigo via meu endereõ electronico

          • Bom dia Issemaile, posso saber o país em que se localizas, e como ter os farmacos?

  3. Esta e uma novidade muito boa para a saude publica, mas que pena que em muitos paises africanos nao vao aderir ao comprimidos proque ainda se ganha muito dinheiro com esta doenca.

    Responder
  4. Isto e um milagre

    Responder
  5. Isto e ótimo a cura

    Responder
  6. Pedro a sua forma de contaminacao foi igual a malta, atraves da simples baba no sexo oral e a pessoa tento uma alta carga viral também fui infectado dessa forma porque sempre usei camisinha e sempre me cuidei nunca tive uma dst na vida exceto essa de agora do virus. Para completar eu tinha uma carie no dente que teria que fazer um canal e colocar um bloco. Se nos falamos ninguem acredita mas e possivel sim se infectar pela pratica do sexo oral, os infecto confirmam uma porque os nossos labios que e a mucomas da boca nao tem protecao contra o virus fora quando existe um problema bucal. Mas e possivel sim a contaminacao pelo sexo oral a pessoa tendo uma alta cv carga viral infelizmente isso e pouco falado. E muito triste a gente se cuidar tanto e simples descuido se infectar dessa maneira absurda.

    Responder
  7. eu acho que a cura provavelmente já existe porém o alto capital dos “laboratórios poderoso nunca vão liberar a não ser que seja um caso de epidemia mundial um exemplo o câncer que já acharam uma possível cura através da fosfoetanolamina e que o alto poder faz de tudo através da mídia e outros meios de comunicação de hoje pra dizer a população que não funciona então eis a minha dúvida será que não existe cura?

    Responder
  8. Na minha família tem suas pessoas quê eu amo muito e estão infectadas eu acredito em Deus que estas cura já é uma realidade,e todos que estao passar por isso serão curados, e o apelo fica para os grandes cientistas não demoram em trazerem isto rápido, pensem nas crianças inocentes viventes e para o mundo em geral, porque amanhã pode ser um membro da vossa família a cair no radar

    Responder
    • Sabe isso já tem cura sim ,mas ainda kerem faturar com essa doenca eu fico com medo pork eu e aminha filha estamos a medicar,por favor stamos a apedir ajuda nao é facil tomar medicamentos todos os dias.pensem nas crianças por favor.

      Responder
  9. Eu ando desesperada..minha irmã tem o viros..é peguei ela tentando furar a perna do meu filho q q tinha 12 anos na época..mais n quis acreditar q tava vendo isso achei q tava louca por tomar clonazepam achei q eu tava vendo coisa..é após 2 semanas meu filho começou ter uns sintonias ficou 15 dias sem ir na escola..é hoje vivo preucupada e n tenho coragem de levar pra fazer um exame pois n terei força pra suportar.. peço a deus q tudo isso n passe de um pesadelo..pois n quero acreditar q uma tia tenha tido coragem de fazer isso com um inocente…estou cansada com depressão.n existe a cura pra essa doença aqui na terra..mais eu acredito na cura divina deus é vapaz de curar eu creio..estou orando e pedindo a deus.quanto a ela eu peço q deus o perdoe..um ser humano completamente sem nonocao..sem coração..cheia de maldades.q deus o perdoe e me dê forças pra perdoar..conviver com isso está sendo uma tortura..minha vida parou.

    Responder
  10. o povo está sofrer muito com esta doença e não é fácil tomar a vida inteira os antirretrovirais. Oq eu tenho a dizer muitos de vós vão ficar de boca aberta, outros até vão me insultar talvez. Eu fui diagnosticado em 2008 e logo comecei a tomar a medicação até setembro de 2016 daí conheci alguém q me abriu a cabeça me fez inchergar oque eu não conseguia ver. A CURA da HIV, ela existe e não é tradicional é legal e comprovada. Hoje vos digo com toda certeza q já não tenho hiv faço testes 3 em 3 meses e nada acusa, pois é parece mentira mas não é. O problema é que o medicamento é um pouco caro passa ds 35 mil mas pode se pagar em 3 prestações e não sou único curado nas redondezas. Por isso até q apareça a tal cura quanto de nós iremos morrer? Hoje eu consigo também salvar algumas vidas com esse tratamento por isso façam alguma coisa porque se não será tarde

    Responder
    • Olá Issemaile.
      Que tipo de medicamento é este. E como posso consegui-lo??
      Nelsinho piedade branda
      Minha conta do FB para trocarmos mais impressões.
      Agradeceria o contacto.

      Responder
    • Issemaile …diga qual e o medicamento, como podemos adquerir nao importa a distancia o quanto gastar mas sei que pode se importar o medicamento

      Responder
    • Olá. Boa tarde. Tudo bem? Eu queria saber mais informações. Infelizmente fui fazer o exame ontem e…

      Responder
    • Passa para todos esse tratamento milagroso pois todos necessitam de cura

      Responder
    • Porfavor me ajuda como é o nome desse medicamento?eu sou soropositivo e a minha filhinha tambem com 4 anos de idades as vezes fico pensando muitas coisas fora d normal.porfavor peço ajuda

      Responder
  11. Apelo as pessoas de direito, os governantes e a sociedade em que ajudem assim como têm feito com o programa de assistência gratuita as pessoas com HIV, para combatermos este mal que afecta e destrói muitas famílias no mundo. Já sofremos muito com a ausência de uma cura deste viros, agora que já existe vamos cambiar os antirretrovirais pelo TRUVADA.

    Responder
  12. Minha amiga foi diagnosticada estou a ponto de cometer uma loucura,como faço p adquirir?

    Responder
  13. Pesso a deus q mostre a cura para todos porque ñ é fácil.q deus nos abençoe porque nada para ele é impossível.é bom ter ânimo é se unir nessa hora tão difícil é q o poder público de saúde nos der um ponto final da cura.

    Responder
  14. Boa noite
    Eu adquiri a doença em 2000 aproximadamente… Fiz exame de rotina e deu reagente ao HIV. Fui fazer o CD4 e o CD8… Tudo normal e a carga viral indetectável. Hoje, continuo com CD4 e o CD8 normais e no último exame deu negativo. Estou fazendo acompanhamento e até agora nada. Pasmem, nunca tomei retrovirais na vida, ou seja, nenhuma medicação. Hoje estou fazendo um estudo de caso para saber o que aconteceu, re estou aguardando o resultado e a consulta para entender o que aconteceu. Fiquem na espectativa e continuo pedindo a Deus para que dê fato tenha me dado a cura e eu sirva de exemplo para se propor pesquisas contra esse vírus que já matou muitas pessoas no mundo. Ore por mim e eu creio que essa cura vai aparecer…

    Responder
    • O governo já começou a distribuição gratuita da PreP, e no seu caso, provavelmente você tem algum parente europeu na linha familiar, recentemente foi descoberto que 5% da população europeia é imune ao vírus após algum tempo.

      Responder
  15. De mesma forma como as pessoas comentaram sobre a doenca eu peco os estados do mundo pensam numa cura final, porque as pessoas ja sofreram inocentemente com esta doenca. mais e bom ser forte cada pessoa que vitima, a vida acaba com doenca ou sem doenca,saiba viver com ele faz a tua vida normal principalmente trabalhar estar sempre positiva nao pensa na doenca,beijos,,,,,,

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *