Bolsonaro é contra medicamento grátis para HIV

A revista Lado A encontrou uma entrevista antiga do Candidato a presidência Jair Bolsonaro (PSL) onde ele fala que o estado não deve pagar medicamentos de HIV para quem precisa.

“Não é problema meu” diz o candidato sobre prevenção e tratamento do HIV.

Hoje a rede pública custeia todos os gastos com medicamentos para HIV no Brasil. Desde 1996 o SUS (Sistema Único de Saúde) distribui gratuitamente o coquetel antiaids para todos que necessitam de tratamento. 

O Ministério da Saúde estima que hoje existam 830 mil pessoas vivendo com HIV no país, destas 84% são diagnosticadas e 74% estão em tratamento, o país é considerado referência mundial em tratamento e prevenção de HIV.

Em 2010 o candidato à presidência, que então era deputado, falou ao programa CQC sobre casos de HIV. Segundo ele, as pessoas contraem o vírus “por viver na vida mundana e depois querem usar o dinheiro público”.

Bolsonaro ao programa CQC sobre casos de AIDS e tratamento de HIV

Com relação ao tratamento de HIV, ele já falou que “O Estado deve tratar de doentes infortúnios e não de vagabundos que se drogam ou adquirem Aids por vadiagem”.

Fontes

Revista Lado A.
Aids.gov.br.

Deixe sua opinião