Apenas 75% das pessoas que tem HIV sabem de sua sorologia

Um relatório da UNAIDS estima que de todas as pessoas que vivem com HIV no momento, 25% delas não sabem que possuem o vírus. Isso quer dizer que no mundo todo, estima-se que 9.4 milhões de pessoas não sabem que possuem o vírus causador da AIDS.

Isso é um avanço comparado aos anos anteriores. Em 2015, estimava-se que somente dois terços (67%) das pessoas vivendo com HIV sabiam da sua sorologia.

O relatório apelidado de Knowledge is power revela que embora o número de pessoas que possuem carga viral indetectável cresceu cerca de 10 pontos percentuais nos últimos três anos, chegando a 47% em 2017, aproximadamente 19.4 milhões de pessoas ainda não possuem a carga viral indetectável.

Para permanecerem saudáveis e prevenir a transmissão, o vírus precisa ser suprimido para níveis indetectáveis ou muito baixo através de terapia antirretroviral. Fazer os testes para descobrir a quantidade de vírus no sangue também são essenciais na prevenção.

O teste de carga viral é o padrão de ouro no monitoramento e tratamento do HIV

Michel Sidibé – Diretor executivo da UNAIDS.

Apesar de sua importância, o acesso ao teste de carga viral não é onipresente. Em alguns lugares do mundo fazer um teste desses é fácil e faz parte do tratamento, enquanto outros pode haver apenas uma máquina capaz de fazer o teste no país inteiro.

Testes de carga viral são mais importantes ainda em recém nascidos, onde o vírus do HIV progride rapidamente. Porém em 2017, apenas 52% das crianças expostas ao HIV em países de terceiro mundo receberam testes nos dois primeiros meses.

O relatório mostra que uma das maiores barreiras ao teste do HIV é o estigma e a discriminação. Estudos entre mulheres, homens, jovens e populações-chave revelaram que o medo de ser visto acessando serviços de HIV, e se a pessoa é diagnosticada, temer que essa informação seja compartilhada com a família, amigos, parceiros sexuais ou a comunidade.

Outras barreiras incluem violência ou ameaças, especialmente entre mulheres jovens e meninas. Alguns lugares do mundo requerem que os pais autorizem os filhos a fazerem um teste de HIV caso eles sejam menores de 18 anos.

Fontes

New UNAIDS report shows that 75% of all people living with HIV know their HIV status

Deixe sua opinião