Quando contar que tem HIV em um relacionamento

Quando contar que tem HIV em um relacionamento

Post anterior: Heartbreaker Desde que fui infectado, salvo raras ocasiões, só fiz sexo com quem era muito amigo ou com parceiros antigos. Eu discuti bastante com todos os meus médicos (infectologista, psiquiatra e psicólogo) sobre qual seria a melhor decisão, sempre...
Heartbreaker

Heartbreaker

Post anterior: O que o HIV faz com seus relacionamentos Eu tinha uma vida sexual ativa antes da notícia de ser soropositivo. Nada absurdo, foram 10 parceiros mais ou menos em 2 anos. Um pouco antes de ser diagnosticado estava casado de todos os aplicativos –...
O que o HIV faz com seus relacionamentos

O que o HIV faz com seus relacionamentos

Post anterior: Sou HIV+ e tenho uma vida normal Sempre fui uma pessoa de espírito livre. Conhecer caras novos apenas pela experiência de conhecer alguém novo, com cultura e ideias diferentes. Em uma típica semana, poderia conhecer pelo menos uns três, levasse isso a...
Sou HIV+ e tenho uma vida normal

Sou HIV+ e tenho uma vida normal

Post anterior: Posso sentir seu toque Quem sou eu pra falar que tenho uma vida normal. Se você acompanha minha história pelo blog, conhece o drama da minha vida, com transtorno bipolar,  que mora sozinho no 14 andar com tendências suicidas, sem falar no TDAH. E ah,...
Posso sentir seu toque

Posso sentir seu toque

Post anterior: Saindo do armário Era uma pessoa que frequentava baladas – em especial na Rua Augusta, meca da noite paulistana – com uma certa frequência doentia. De quinta a domingo estava sempre na rua durante a noite. Navegava entre vários grupos de...
Saindo do armário

Saindo do armário

Post anterior: Mãe, to indetectável! Quando alguém pergunta como me descobri gay, brinco que sempre fui assim e de repente comecei a perceber que meus amigos gostavam de mulher e por isso eu era “errado”. O que seguiu foi uma vida dentro do armário,...